• Fernanda Garcia

UM LEGISLATIVO ACOVARDADO!


A sessão solene que empossou os eleitos e definiu a nova mesa diretora da Câmara Municipal de Sorocaba, foi marcada pelo cerceamento do debate e fuga de qualquer discussão, por parte da base do prefeito eleito.


Todos sabíamos que o Claudio do Sorocaba 1 (PR) era o candidato do governo. Entretanto, além dele, também apresentaram os nomes para a eleição da presidência da Câmara, a vereadora Iara Bernardi (PT) e Péricles Régis (MDB).


Após a solicitação para que os candidatos usassem a tribuna por 5 minutos para apresentar suas propostas à Câmara Municipal, houve uma reação desesperada por parte dos governistas, para que a votação acontecesse sem nenhum debate público.


Entre os argumentos, eles alegavam que já estavam “conversando por Whatsapp” há alguns meses. Isso mesmo! Eles fazem os debates em restaurantes, em salas fechadas, em corredores, no Whatsapp, mas se recusaram a fazer a discussão pública na tribuna – para que a população não possa acompanhar a discussão e tirar as suas conclusões.


Mesmo com tantos mecanismos de informação da Câmara Municipal (TV, rádio, site e redes sociais), a população não pode acompanhar o debate. Não pela inexistência de meios, mas pela truculência e covardia de alguns vereadores.


Essa postura antidemocrática na primeira sessão da Câmara Municipal dá uma amostra sobre como será o comportamento dos vereadores governistas nessa legislatura: submissa ao prefeito, sem nenhum compromisso com o debate, com a transparência e com a população. Uma vergonha!



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo