• Fernanda Garcia

Risco de Explosão: Fernanda questiona Defesa Civil por segurança de moradores

UBS e CEI 117 foram evacuadas por concentração de metano; vizinhos vivem insegurança



Visão aérea do Jardim Rodrigo / Google Maps


A vereadora Fernanda Garcia (PSOL) oficiou a Defesa Civil de Sorocaba, através do secretário de Segurança Urbana, Vitor Maurício Gusmão Lopes, fazendo questionamentos sobre a segurança dos moradores do Jardim Rodrigo, que se situam nos arredores da área interditada sobre o risco de explosão.

“A desocupação dos prédios públicos foi uma decisão acertada, pela preservação da vida dos servidores que trabalhavam nos locais e pela segurança dos usuários dos serviços públicos. Entretanto, a falta de orientações aos moradores causa muita apreensão no bairro. No nosso ofício, estamos questionando se inspeção feita pela empresa contratada também aferiu as condições de segurança dos moradores”, explica.

No dia 11 de janeiro, a cidade de Sorocaba ficou assustada com a notícia do risco eminente de explosão nos prédios públicos da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Rodrigo e do Centro de Educação Infantil (CEI) 117, pela alta concentração de metano no local. Construído sobre um antigo lixão clandestino, o terreno estava com elevadas concentrações da substância – que é altamente inflamável.

De acordo com a empresa que fez a medição, os níveis toleráveis de gás são de até 20%, entretanto, na inspeção feita no local alguns pontos estavam com 100% de concentração de gás metano, o que configura alto risco de explosão.

Essa situação trouxe muita preocupação nos vizinhos do local interditado. Fernanda revela que foi procurada por moradores.

“Alguns dias após a evacuação dos prédios públicos, vizinhos da UBS e da CEI 117 entraram em contato com nosso mandato, pedindo informações sobre a situação deles. A área interditada, considerando prédios e estacionamentos, tem mais de 10.000 m². A rua Alpheu Castro Santos, que contorna os dois prédios, possui diversos imóveis com apenas 14 metros de distância do local. A preocupação deles além de ser legítima precisa de uma resposta urgente”, alerta a vereadora.

Imagem: Google Maps / Casas tem cerca de 14 metros de distância da UBS interditada por risco de explosão

92 visualizações0 comentário