• Fernanda Garcia

Requerimento de Fernanda Garcia aponta fila de 1400 pessoas à espera de fraldas geriátricas

O questionamento nasceu após o mandato receber munícipes que relataram retirar do orçamento familiar para a compra do insumo mesmo após vários pedidos à Prefeitura


1400. Esse é o número de pessoas que aguardam na fila pelo atendimento de fraldas geriátricas em Sorocaba. O número foi levantado a partir da resposta de um requerimento feito pela vereadora Fernanda Garcia (PSOL) no início deste ano à Prefeitura de Sorocaba. A intenção é fiscalizar o atendimento após receber denúncias de munícipes que já não têm condições financeiras de manter o custo da compra do insumo ao mesmo tempo em que aguardam o atendimento há anos.


“A situação beira o desespero em algumas famílias”, a manifestação da vereadora Fernanda Garcia resume a história de pessoas que vieram até o mandato fazendo um apelo. “A condição financeira da maioria dos brasileiros foi extremamente prejudicada durante a pandemia, por isso é mais do que dever do sistema de gestão de saúde suprir tudo que for necessário e é essa a falha da prefeitura de Sorocaba”, falou a vereadora.


Infelizmente a falha é agravada se levar em consideração o tempo, de acordo com a parlamentar, na resposta enviada pela gestão municipal está descrito que a secretaria de saúde está trabalhando para atender em março os inscritos que aguardam desde 2017 e até abril àqueles que ingressaram na fila de espera nos anos de 2020 e 2021.


Por conta da dificuldade em conseguir um direito garantido e pela vulnerabilidade socioeconômica, a Secretaria de Saúde informou que 33 sorocabanos precisaram recorrer à justiça para garantir seus insumos. “Inadmissível pensar que existem pessoas que precisam buscar auxílio judicial para conseguir algo que é de direito e mais triste ainda lembrar que, mesmo com aqueles atendidos por determinação judicial, ainda existem três vezes mais cidadãos que necessitam urgentemente de fraldas geriátricas”, comentou Fernanda.


Com a resposta do executivo relatando quais são as licitações abertas para atendimento dos pacientes que necessitam de fraldas, a vereadora garante que acompanhará de perto do andamento do processo até a entrega de todos os pedidos e continuará cobrando a fim de que mais atrasos como esse não aconteçam novamente.




6 visualizações0 comentário