• Fernanda Garcia

Fernanda Garcia participa de Audiência Pública sobre desmonte cultural em Sorocaba

A vereadora lembra que a prefeitura vêm descumprindo o orçamento previsto no Plano Municipal de Cultura lançado em 2015


Discutindo o descaso do poder executivo e dificuldades enfrentadas pela classe artística sorocabana durante a pandemia, a vereadora Fernanda Garcia (PSOL), compôs a Mesa Principal da Audiência Pública "O Retrocesso das Políticas Culturais durante a Pandemia", promovida pela Câmara Municipal por meio da vereadora Iara Bernardi, ontem, dia 19, no Plenário da Casa de Leis.


Durante sua fala, a vereadora ressaltou o problema em torno do descumprimento do Plano Municipal de Cultura, aprovado pela Casa em 2015. "É revoltante que uma cidade polo metropolitano, com um orçamento tão abrangente tenha um repasse tão pequeno para essa área essencial". Além disso, Fernanda Garcia lembra a sessão ordinária da última semana onde as propostas feitas ao Plano Plurianual (PPA) - já apresentadas e aceitas em 2017 -, foram reprovadas pela base governista.


Entre os participantes estavam representantes do Fórum Permanente de Cultura, Conselho Municipal de Cultura, Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo (SATED), artistas de diversos segmentos e o secretário municipal da pasta, Luiz Antônio Zamuner.

Grande Otelo

A cultura e a arte em Sorocaba vêm sofrendo duros golpes e desmontes generalizados, estes intensificados na pandemia. Entre os duros ataques está o fechamento da Oficina Grande Otelo, em 2014. Com a proposta de reformas estruturais, o Fórum Velho permanece fechado, por isso, a vereadora enviou um requerimento à prefeitura, para saber maiores detalhes sobre a manutenção do próprio.


Em sua fala, a vereadora lembrou a proposta de emenda feita ao PPA rejeitada pela base governista

8 visualizações0 comentário