• Fernanda Garcia

Fernanda Garcia oficia prefeitura por lixo espalhado após primeira semana da Festa Julina

A vereadora aponta omissão do governo municipal diante dos resíduos espalhados nos arredores da festa


Após receber inúmeras denúncias sobre o acúmulo de lixo nos arredores do Parque do Paço, a vereadora Fernanda Garcia (PSOL) enviou à Prefeitura, na manhã desta segunda-feira (18), um ofício questionando as secretarias responsáveis pela Festa Julina Beneficente no que diz respeito a limpeza pública, separação de recicláveis e, inclusive, a segurança dos animais que vivem no Paço, antevendo o consumo do lixo acumulado por eles.


No documento, Fernanda Garcia fez uma série de questionamentos ao poder público, sobre descarte de resíduos e o risco aos animais que vivem no entorno do Paço. "Antes da festa iniciar, o Conselho Municipal do Meio Ambiente havia previsto que essa situação pudesse acontecer. Entretanto, a Secretaria de Meio Ambiente garantiu que os animais estariam seguros; passando pelo local hoje de manhã, o cenário era diferente o prometido. O lixo do evento ultrapassava a área de contenção, espalhando sujeira por todos os arredores e oferecendo risco aos animais", manifestou a vereadora.


Entre as questões, está a preocupação com a reciclagem dos materiais. A vereadora manifesta preocupação por Sorocaba não evoluir na política de resíduos sólidos. "Estamos questionando aos setores responsáveis sobre os horários de coletas, número de contêineres e a possibilidade de ampliação do número de trabalhadores, pois há uma área extensa para apenas seis pessoas, como é informado no edital. Entendemos que uma festa também pode ser um ambiente educativo para que haja a destinação adequada dos resíduos. Mas o cenário do Paço mostra o contrário: nenhum esforço do governo é feito nesse sentido", avalia a parlamentar.


A vereadora ressalta que mesmo durante o recesso das sessões, considera importante continuar questionando o Poder Executivo. "Estamos no período de recesso parlamentar, as sessões ordinárias estão suspensas até agosto, mas permaneço fiscalizando. Esse evento é uma demonstração pública de falta de planejamento na destinação de resíduos e desrespeito aos animais, que vivem na área do Paço", finalizou Fernanda Garcia.






19 visualizações0 comentário