• Fernanda Garcia

Emenda da vereadora Fernanda, que possibilitava apreciação dos contratos do CADI, é reprovada


A vereadora Fernanda Garcia (PSOL) teve sua emenda rejeitada ao projeto de lei nº 75/2021, de autoria do Poder Executivo, que cria o Centro de Aceleração, Desenvolvimento e Inovação (CADI) no município. A proposta da vereadora Fernanda alterava o artigo 7º do projeto, que autoriza a contratação de empresas e terceiros ao CADI. Se a emenda fosse aprovada, a prefeitura teria que submeter os contratos à apreciação do Poder Legislativo.


A autora da emenda considera que a rejeição da emenda “é um prejuízo para a transparência e o controle social” nas ações do poder executivo e também ressalta a semelhança entre o CADI e o “Investe Sorocaba”, projeto de autoria do ex-prefeito, José Crespo (DEM).



“Antes de qualquer coisa, é importante esclarecer que esse projeto do Rodrigo Manga é uma nova versão do projeto do Crespo, que criou o ‘Investe Sorocaba’ e nomeou uma assessora em Brasília com uma remuneração alta e poucos resultados. Dessa vez, a diferença é que o projeto do Manga não cria um órgão e sim uma nova divisão dentro da Secretaria Municipal de Administração. Apresentei uma emenda para que possamos exercer controle e coibir qualquer tipo de relação econômica entre a prefeitura e agentes políticos. Lamentavelmente, a emenda foi recusada. Com isso, temos a reedição da mesma polêmica do governo Crespo nesse novo governo”, compara.


Fernanda declara não se opor a ideia de um departamento para viabilizar a captação de recursos, desde que isso seja implementado exclusivamente com servidores públicos de carreira.


“A possível contratação de agentes políticos para o exercício dessa atividade é muito preocupante. Demonstra que essa administração não cria políticas de Estado e sim de Governo. Para desempenhar funções como essa, era imprescindível termos servidores de carreira na prefeitura, que independentemente do governo, seguiriam desempenhando o seu papel, pelo compromisso público”, reforça.

39 visualizações0 comentário