• Fernanda Garcia

Câmara rejeita emenda de Fernanda Garcia que garantiria vacinas para toda cidade

R$ 31 milhões das emendas impositivas poderiam ser destinadas para a compra de vacinas; com rejeição da emenda prefeitura poderá comprar até cloroquina com o recurso


Na sessão extraordinária dessa terça-feira (16), a Câmara Municipal de Sorocaba aprovou a destinação das emendas impositivas para a saúde, entretanto os vereadores vetaram que o dinheiro tivesse como destino a compra de vacinas. A proposta de autoria da vereadora Fernanda Garcia (PSOL) recebeu sete votos favoráveis, contra 12 pela rejeição, feita por vereadores da base do prefeito Rodrigo Manga. De acordo com a vereadora Fernanda, a postura dos vereadores em rejeitar sua emenda é muito preocupante, pois habilita o governo municipal a gastar recursos da emenda até com "tramento preventivo", como cloroquina, ivermectina, spray nasal, entre outras medidas sem comprovação científica, que são incentivadas pelo governo Bolsonaro - a qual o prefeito e o secretário municipal de saúde, Vinícius Rodrigues, são adeptos.



"Nessa tarde, a Câmara Municipal de Sorocaba perdeu uma grande oportunidade de garantir recursos para a vacinação à todos os munícipes. Com os R$ 31 milhões das emendas impositivas da Câmara, poderíamos resolver o problema da imunização aos sorocabanos. Vacinar idosos, profissionais da saúde, professores, jovens, crianças, todas as faixas. Mas infelizmente, prevaleceu aqui a submissão da maioria dos vereadores ao governo, assim como no empréstimo em dólar. Muito triste", lamenta a vereadora. Na defesa da emenda ao projeto, a vereadora Fernanda Garcia apontou a contradição de vereadores. "Tem vereador que fez protocolo na prefeitura e divulgação nas redes sociais que doariam todo recurso das emendas para a vacinação, mas na hora do voto, desonraram a promessa que fizeram à população", denuncia. Fernanda também relembra que alguns vereadores fizeram discursos sobre a necessidade da vacinação aos professores, mas que na hora de garantir recursos para isso, votaram com o governo e viraram as costas aos colegas.

Saiba como votou cada vereador Favoráveis: Fernanda Garcia (PSOL), Iara Bernardi (PT), Francisco França (PT), Péricles Régis (MDB), Ítalo Moreira (PSC), Cícero João (PTB) e Rodrigo do Treviso (PSL). Contrários: Vinícius Aith (PRTB), Dylan Dantas (PSC), João Donizete (PSDB), Salatiel Hergesel (PDT), Luís Santos (Republicanos), Vitão do Cachorrão (Republicanos), Cristiano Passos (Republicanos), Silvano Junior (Republicanos), Fernando Dini (MDB), Fabio Simoa (Republicanos) e Hélio Brasileiro (PSDB) e Fausto Peres (Podemos).

118 visualizações0 comentário