• Fernanda Garcia

Audiência Pública sobre terceirização da saúde acontece na próxima semana

O evento é promovido pela Vereadora Fernanda Garcia, em parceria com o Fórum Popular de Saúde


Fernanda Garcia pretende promover o debate em favor da saúde pública. Crédito: Câmara Municipal de Sorocaba

Com a intenção de proteger integralmente o artigo sexto da Constituição Federal, que dispõe sobre o acesso universal à saúde e trabalho, a vereadora Fernanda Garcia (PSOL) promove na casa legislativa de Sorocaba na próxima semana, no dia 14, a Audiência Pública com o tema “SUS: impactos da terceirização da saúde”. O evento, realizado em parceria com o Fórum Popular de Saúde, acontece a partir das 19h no plenário da Câmara e será simultaneamente transmitido pelo canal de televisão e redes sociais da Casa.


Para Fernanda, idealizadora da ação, a terceirização afeta de forma grave a sociedade, já que não somente o serviço de saúde fica prejudicado como também o emprego, pois, de acordo com a mesma, “os ‘terceirizados’ são contratados com salários menores, trabalham sob piores condições e, em alguns casos, recebem até calote no pagamento, como vimos recentemente na cidade. Por isso, é preciso lembrar da importância de fortalecer o funcionalismo público”, afirma a vereadora.


Entre os convidados para compor a Mesa estão servidores da saúde municipal, atenção básica e os especialistas: Marco Antonio de Moraes - Engenheiro agrônomo e advogado, militante do Fórum Popular de Saúde;


Milton Sanches - Presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Sorocaba e Região (SinSaúde);


Thaís Lopes - Advogada, pós graduanda “lato sensu” em Direitos Humanos, Integrante do coletivo Fórum da Luta Antimanicomial de Sorocaba (FLAMAS), Coordenadora do núcleo psicossocial do Instituto Contraproposta e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB Sorocaba;


Victor Vilela Dourado - Presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) e anestesiologista. Graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em 2013. Especialista em anestesiologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, de 2015 a 2018.


Debates anteriores


Esta Audiência também fará menção a outra que ocorreu em abril, quando foi debatido o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) durante a pandemia.


Outro assunto que trouxe à tona a necessidade desta Audiência Pública foi a denúncia feita por Fernanda Garcia em junho deste ano, sobre o “caos” na gestão da Unidade Pré-Hospitalar da Zona Oeste de Sorocaba, quando a reclamação de longas filas e salários atrasados foram encaminhados ao poder executivo.


A Audiência pública é aberta à população e a transmissão ao vivo do debate acontece pelo canal aberto de televisão, sintonizando o canal 31.3, canal 04 da Claro NET, canal 09 Vivo Fibra e também pelo YouTube e Facebook da Câmara.


41 visualizações0 comentário